Beijo Molhado

Sobra-me um canto nos luares e não solares.

Quando tento te ter, sei que não sou seu dono.

E podes andar livremente com seu belo sorriso.

As tuas marcas ficaram em mim, e não posso esquecer os teus lábios que beijei, tão lindos quando usava aquele batom vermelho eu viajava nas nuvens.

Ande e corra bem meu amor.

Lembranças anestesiante do teu batom vermelho.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s