Calor

A vida não é o que aparenta ser.

De bronze e de chumbo.

Dentro de um copo de mel escuro.

De mãos dadas até o altar.

Gafanhotos gritam na ladeira do perdedor.

Do sopro é vida do risco uma linha.

É hora de jantar faltou uma fatia.

Isso é o medo atrapalhado no gelo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s